Habilitada no sistema de cogestão, Soledade adota efeitos da bandeira laranja

Embora a região esteja classificada na bandeira vermelha, governo possibilita seguir protocolos mais brandos
Foto: Camila Peres / ClicSoledade
Foto: Camila Peres / ClicSoledade

Pela sétima semana consecutiva, a região de Passo Fundo está na bandeira vermelha. A classificação definitiva do plano de distanciamento controlado foi anunciado na tarde desta segunda-feira, 24/8, pelo Governo do Estado, porém Soledade por estar habilitada no sistema de cogestão, pode seguir protocolos mais brandos.

A implantação de regramentos regionais alternativos foi um acordo estabelecido entre o governador Eduardo Leite e os prefeitos gaúchos, com vigência desde a semana passada. Através de Decreto Municipal, protocolos específicos para cada setor econômico, de acordo com suas peculiaridades, adotam efeitos da bandeira laranja.

Conforme explica o secretário da Saúde, Diego Vidaletti da Silva, semanalmente o grupo se reúne para discussão e análise dos dados e reformula o decreto. Como já é previsto no sistema de cogestão, as medidas não podem ser menos restritivas ao da bandeira de risco inferior. Confira neste link o conteúdo completo do Decreto Municipal nº 13.117/2020.

Os protocolos específicos do Município são regramentos e critérios resultantes do acompanhamento de dados gerados pelo Governo do Estado, pelo Observatório Regional de Saúde e pela Secretaria Municipal de Saúde. São analisados os níveis de disseminação da doença, a capacidade do sistema de saúde da região, a testagem/monitoramento da evolução da epidemia, o número de internações por COVID-19, e o número de óbitos.