Minha safra é Cotrijal: planejamento antecipado é foco no comercial

O planejamento da equipe comercial da Cotrijal, tanto na área de grãos quanto de insumos, começa geralmente um ano antes de iniciar a safra. Às vezes, até um ano e meio antes. O propósito é sempre buscar melhores oportunidades para a cooperativa e o produtor.

O superintendente Comercial, Jairo Marcos Kohlrausch, destaca que o cenário para 2023 em relação aos insumos não está com nenhum aspecto claro, mas a avaliação de 2022 é positiva. “O ano está terminando bem, apesar da seca no verão. Conseguimos atender os nossos produtores, apesar de todas as dificuldades do ano”, salienta.

A maior preocupação foi ter estoque de herbicidas. “Desde outubro de 2021 estivemos alertando os nossos gerentes e área técnica para que ajudassem no planejamento dos produtores quanto a herbicidas. Quem se planejou está muito tranquilo”, explica.

Sobre corretivos, Kohlrausch afirma que a seca da safra passada e a alta nas taxas de juros fez com que o produtor reduzisse os investimentos. Ainda assim, o volume comercializado pela cooperativa cresceu, devido à incorporação das unidades na região de Soledade, onde está se iniciando um trabalho de melhoria da fertilidade do solo em busca de maior produtividade.

Para atender os produtores da região de Soledade, que passaram a integrar a Cotrijal em março, a área comercial também havia feito planejamento antecipado, mas a adesão ao trabalho da cooperativa foi além da expectativa. “Fizemos uma projeção de demandas, mas tivemos mais procura por insumos do que imaginávamos. Felizmente conseguimos atender todos”, informa.

Parcerias sólidas

Um dos diferenciais da Cotrijal foi a construção, ao longo da sua história, de parcerias sólidas, que facilitam o planejamento e trazem segurança para a cooperativa e o produtor. Tanto na comercialização dos grãos quanto na compra dos insumos, esse aspecto é relevante e tem contribuído muito para que se consiga aproveitar boas oportunidades de mercado.

Além disso, na questão de insumos, o relacionamento com empresas sérias e comprometidas com resultados no campo possibilita à cooperativa levar produtos de qualidade para o seu produtor.

Fornecedores 
18 fornecedores de defensivos
6 fornecedores de fertilizantes
7 fornecedores de corretivos
5 fornecedores de genética de soja
7 fornecedores de genética de milho
3 fornecedores de genética de trigo

Baixo volume de venda futura preocupa

As grandes mudanças no mercado de grãos nos últimos anos fizeram o produtor de soja “tirar o pé” em 2022 na fixação de lotes futuros. O mesmo aconteceu com o trigo. “Poucos aproveitaram os bons preços do trigo meses atrás, apesar de alertarmos o produtor que observasse sua relação de troca. Agora, com a colheita praticamente encerrada, estamos com preços mais baixos e elevados estoques”, explica Kohlrausch.

A soja e o milho mantêm bons preços, embora já estivessem mais elevados. “Em situações de recessão global, taxas de juros altas, sempre ocorreram baixas nas commodities, e isso começa a acontecer para baixar o preço dos alimentos e recuperar a estabilidade da inflação global”, destaca.

Suporte logístico

Organizado para que o produtor possa ser atendido e não faltem insumos, o suporte logístico da Cotrijal é chave para que tudo transcorra bem durante a safra. Neste ano, em alguns momentos, foi necessário receber aproximadamente 62 carretas por dia de fertilizantes e corretivos para o produtor não ficar sem produto.

Sementes: produtor Cotrijal é prioridade

Na questão de sementes, para atender a demanda dos associados da cooperativa, optou-se pela redução da venda externa neste ano. Hoje, além do Rio Grande do Sul, a Cotrijal tem clientes (cooperativas e revendas) em Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Para a produção das sementes desta safra, foram 150 campos de multiplicação em toda a região de atuação da Cotrijal, com 50 grupos familiares prestando serviço para a cooperativa e produzindo 17 cultivares.

A coordenadora de Produção de Sementes, Marcela Sebastiany Lange Schiochet, aponta que o portfólio tem opções de diversas obtentoras e dos mais diversos grupos de maturação, para que todos os produtores da área de atuação da Cotrijal pudessem ser atendidos nas mais diversas realidades de lavoura.

“Esse é um dos grandes diferenciais da cooperativa. Nossos associados têm acesso em primeira mão ao que há de melhor em lançamento de cultivares”, destaca.

Cotrijal Sementes

– 9.000 hectares para multiplicação de sementes
– 150 campos de multiplicação
– 50 grupos familiares multiplicadores
– 17 cultivares no portfólio, desde o grupo de maturação 5.0 ao 6.7

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DO JORNAL COTRIJAL