Populares defendem mulher que estava sendo agredida no centro de Soledade

Foto: Ilustração / ClicSoledade
Foto: Ilustração / ClicSoledade

Populares defenderam uma mulher que estava sendo agredida pelo seu companheiro no centro de Soledade, no início da noite deste domingo, 21/06. O fato aconteceu por volta das 20h, quando jovens que estavam passando por uma avenida flagraram um homem agredindo a sua companheira.

Revoltados com a covardia do agressor, os jovens interferiram na situação e evitaram algo pior. Vídeos foram postados em redes sociais, o que gerou comoção por parte dos internautas, que ficaram chocados com a situação.

Policiais Civis foram acionados, e tanto a vítima como o agressor foram conduzidos à DPPA de Soledade para o registro da ocorrência. Apesar da gravidade do fato, a mulher não quis registrar BO contra seu companheiro.

Contudo, ainda na noite de domingo, o homem agiu novamente, indo até a casa da mulher, passando a agredi-la e não satisfeito, fez ameaças com uma faca. Diante disso, ela decidiu registrar a ocorrência.

Segundo reportagem da Rádio Soledade, o agressor é secretário de uma escola pública de Soledade, mas há muito tempo não comparece no trabalho, protegido por uma série de atestados que apresenta no educandário onde está lotado.

A informação é da Rádio Soledade.